ENTRAR NA PLATAFORMA
Excesso de trabalho e saúde mental

É de consenso da população que tudo em excesso faz mal, e entre alguns motivos temos o excesso do trabalho. O mesmo causa inúmeros malefícios á vida do brasileiro, como: doenças precoces, perda da vida social e do bem estar mental.


Convém lembrar que sem vitalidade no dia a dia nada progredi e a forte e longa jornada de trabalho é uma das causas de um indivíduo adoecer. No Brasil, trabalhadores não são valorizados e sempre muito exigidos, a menos que atuem em dupla etapa para que sejam recompesados.


Pelo simples fato de problemas como estes acontecerem, uma das ideías com o objetivo de recuperar a sanidade mental, é a imigração, nada mais que correto e justo, visto que a saúde de uma pessoa em ambiente de trabalho, não é tão pertinente como lucrar financeiramente. Ademais,algumas pessoas se destroem com o tempo, por inviabilidade de mudança de emprego, turno ou até mesmo se locomover para outra cidade. Dessa forma carregam problemas como: cansaço prejudicial, perda de convívio e afeto familiar e consequentemente uma depressão, até porque trabalhar,estudar ou tal como realizar qualquer atividade com abundância, é extremamente desgastante.


Assim, fica claro que o trabalho em excesso leva para a rotina diversas questões problemáticas e principalmente a falha mental. Contudo, não se pode fechar os olhos para essa situação, é essencial que chefes, líderes e donos de empresas tenham conscientização, que gastem, invistam em maiores números de funcionários visando aplicar uma ação preventiva e não corretiva.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde