ENTRAR NA PLATAFORMA
Excesso de trabalho e saúde mental

Inteligência emocional.
Segundo Aristóteles, “a saúde e a felicidade são totalmente antagônicas a ociosidade". podemos metaforicamente comparar o ser humano a máquinas, que precisam estar em constante movimento para o funcionamento perfeito. em contraponto o esforço exagerado é completamente prejudicial à vida de qualquer ser humano.
de acordo com a organização Mundial de Saúde, “OMS” do ano de 2010 ao ano de 2017 ocorreu um aumento de 55% na venda dos antidepressivos; sabe-se que são problemas causados por múltiplos fatores, dentre eles os mais frequentes são: jornadas extensas de trabalho como também pouco tempo de lazer.
além das doenças mentais pode-se adquirir uma variedade de enfermidades, por passar longos períodos sentado sem um tipo de alongamento específico com isso a relação (patrão/empregado) tornam-se instáveis e completamente injustas,podemos atribuir isso diretamente as leis trabalhistas nem um pouco flexíveis no país.
diante do exposto, conclui-se que existe uma grande lacuna a ser preenchida no aspecto, saúde mental,espaço esse que pode facilmente ser satisfeito com a: (implementação/ampliação) de médicos especializados,como: psicólogos e psiquiatras. tudo isso em completa sinergia com o ministério do trabalho dialogando e verificando com os próprios trabalhadores formas de aliviar como também contornar as cargas horárias extremas dessa forma é possível manter o equilíbrio entre corpo e mente.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde