ENTRAR NA PLATAFORMA
Excesso de trabalho e saúde mental

    No filme “Tempos Modernos”, é retratado as novas formas de trabalho e seus eventuais danos a integridade dos operários durante a primeira Revolução Industrial. Simirlamente a obra fictícia, as novas técnicas de produção advindas do capitalismo trouxeram consigo empregos e demandas extremas que afetam a saúde do indivíduo. Diante disso, devem-se averiguar os malefícios que prejudicam a saúde mental dos trabalhadores brasileiros a fim de combatê-los.


    Em primeira analise, a globalização do comércio, as cobranças dos patrões e o mercado cada vez mais competitivo são algumas das causas. Isso ocorre porque com os novos meios de produção, como o Fordismo e Taylorismo, houve uma mecanização de vários setores, o qual reduziu o número de vagas e as restantes acabaram por exigirem um alto grau de qualificação técnica, com isso, surgem pressões, como a exigência de alta produtividade. Por consequência, os trabalhadores tupiniquins dedicam horas ao cargo, o que lhes causam distúrbios emocionais, como a ansiedade.


    Ademais, os danos vão além de crises isoladas de estresses. Isso porque o ramo empregatício segue o fluxo do capitalismo frenético, que almeja o lucro à custa do proletariado, como relatado por Karl Max. Sob esse viés, o empregado tende a levar sua psique e seu corpo ao extremo, a qual resulta em uma carga neural prejudicial, de acordo com a psicóloga Silvânia Brégido. Consequentemente com a sobrecarga os trabalhadores tendem a desenvolverem a Síndrome de Bornout, patologia vinculada ao esgotamento físico, em especial mental do individuo que pode levar a problemas mais graves, como a debressão.


    Compreende-se, portanto, os males do trabalho excedente para a saúde psicológica dos brasileiros. Deste modo, o Governo Federal em conjunto ao Ministério da Saúde, deve implantar oficinas nas empresas e comunidades em todo país. Tais oficinas devem contar com psicólogos especializados, que por meio da ludicidade, como teatro e dinâmicas, possam proporcionar condições de prevenção e tratamento de patologias do trabalho, além de ressaltar a importância do cuidado a psique. Talvez assim, o Brasil possa ser antagônico a obra “Tempos Modernos”. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde