ENTRAR NA PLATAFORMA
Excesso de trabalho e saúde mental

No filme brasileiro, "De pernas pro ar" o contexto representado pela personagem principal, é refletido na problemática do excesso de trabalho que consequentemente interfere em sua saúde mental.
Antes de tudo, é de extrema clareza que diversas atividades feitas em excesso tornam-se prejudiciais, tanto a saúde mental quanto física. Embora seja encarado pela sociedade como abundante necessidade, visto assim criando um impasse na vida pessoal do indivíduo.
Ademais o indivíduo entende que para tornar-se um entre os melhores na área profissional, é seu dever trabalhar horas por dia. Segundo o filósofo Karl Marx, o indivíduo que não sente-se íntegro ao meio social passa a crer que não faz parte da sociedade.
Diante do exposto, evidentemente a população deve passar acreditar, o quão prejudicial à quantidade excessiva na jornada de trabalho pode se tornar agravando a saúde.
Portanto, a ONU deve priorizar um limite melhor para jornada de trabalho, com ajuda do governo de propor mais psicólogos gratuitos nas empresas, com meio de ajudar na questão da Saúde mental do indivíduo, para fim de acabar com essa problemática na sociedade brasileira.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde