ENTRAR NA PLATAFORMA
Excesso de trabalho e saúde mental

  Contemporaneamente, o trabalho está ocupando um número cada vez maior de horas do dia de boa parte da população. Assim, segundo a Secretaria de Previdência do estado de São Paulo, a quantidade de pessoas que estão se afastando de seus empregos tem aumentado devido a distúrbios emocionais. Isso tem gerado questionamentos sobre como o excesso de trabalho pode afetar a mente dos indivíduos, mostrando que o número exagerado de horas no serviço traz uma série de consequências negativas, como doenças psicológicas e a falta de cuidados com o corpo.


  Nesse contexto, vale ressaltar algumas patologias mentais desencadeadas pelo trabalho excessivo. Dessa forma, uma dessas enfermidades é a síndrome de burnout, que, de acordo com o site 'O Globo', é responsável por provocar, no indivíduo, ansiedade, angústia e depressão. Isso atinge o trabalhador negativamente, pois, além do aumento do stress, há um quadro marcado pelo cansaço em demasia, reduzindo significativamente a qualidade de vida da pessoa, afetando, também, sua produtividade em seu emprego.


  Ademais, cabe destacar o consequente desleixo com a saúde corporal. Sendo assim, o trabalhador, em muitos casos, passa várias horas sem comer, não ingerindo as quantidades necessárias de nutrientes ao seu organismo. Isso provoca um estado de hipovitaminoses, que é a carência de vitaminas essenciais ao corpo, provocando alguns problemas, como a xeroftalmia, doença causada pela carência de vitamina A. Essa patologia, se não for detectada e tratada rapidamente, acaba provocando cegueira.


  Portanto, fica claro que o excesso de horas de serviço prejudica a mente e o corpo da pessoa. Logo, urge que o governo federal crie uma legislação trabalhista mais rígida, que estabeleça um tempo diário no emprego que não comprometa a saúde do trabalhador. Os governos municipais, utilizando verbas públicas e juntamente à iniciativa privada, devem investir no aprimoramento dos serviços médicos para que as pessoas com doenças causadas pelo trabalho exagerado possam ser tratadas. Tudo isso, além de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores, reduziria a quantidade de cidadãos atingidos por essas enfermidades.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde