O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Ética na sociedade contemporânea

Os diversos problemas sociais brasileiros, advindos de sociedades sem bases éticas acertadas, como a corrupção, são constantes no país. Tal conjuntura agrava-se ainda mais em virtude de dois aspectos: constantes falhas das instituições familiares, no quesito educação infantil, e a visão individualista de muitos sobre a ética.
A princípio, é possível perceber que essa circunstância deve-se a questões educacionais. É indubitável que a família é um dos principais agentes responsáveis pela criação e molde do caráter de uma criança. Desse modo, assim como Jean Jacques Rousseau afirmava que o ser humano não nasce ético e que o seu caráter é construído de acordo com o meio em que ele vive, percebe-se que a intransigência dos progenitores, no que diz respeito a não punição dos filhos por suas condutas amorais, propicia a formação de uma geração de seres antiéticos, os quais não conseguem seguir princípios sociais que, a princípio,não os favoreçam. Logo, a parca educação cívica dos brasileiro, em seus lares, se reflete em todas esferas politicas e sociais do pais, evidenciando,assim, a causa de tanta corrupção e ociosidade.
Outrossim, vale ressaltar que o individualismo, o qual - de acordo com uma concepção toucquevilliana- é uma doença que corrói o espirito público, tem impedido que sociedades democráticas exibam posturas éticas em seus sistemas culturais e econômicos. Isto porque essa característica egocêntrica visa sempre a realização dos desejos de apenas um individuo que não possui relações com os princípios éticos, isto é, não importa-se com os resultados de suas ações, mesmo que tais atos firam a dignidade humana de vários de seus concidadãos. Destarte, faz-se comum que pessoas de visões éticas individualistas busque concretizar atos que favoreçam apenas seus desejos, como, por exemplo, a classe politica do Brasil, a qual, em sua maioria, ao invés de investir o dinheiro público na melhoria da saúde e da educação, o desviam para suas contas privadas, como o caso do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral.
Torna-se evidente, portanto, que a má educação infantil e o individualismo dos brasileiros têm dificultado a formação de um país plenamente ético, isto precisa ser mudado. Para tanto, será necessário que as instituições familiares cumpram seus deveres na educação de suas proles, seja através do diálogo aberto, de posturas mais severas para com as práticas antiéticas das crianças ou, obviamente, por meio do exemplo aos mais novos. Ademais, o Ministério da Educação, deverá usar as redes escolares para promover debates sociais, nos quais a comunidade escolar e a social estejam presentes- com sociólogos e filósofos0000 os quais serão responsáveis por desconstruir, gradativamente, as ideias individualistas dos brasileiros e os envolver com as causas sociais coletivas.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!