O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Estresse, o mal do século XXI

Estresse e o mundo moderno

Com a chegada das novas tecnologias do Séc. XXI também veio um novo modo de vida. Prazos que não podem ser estourados sob hipótese nenhuma no trabalho; competição no mercado; pressão para que o indivíduo sempre fique informado são apenas alguns cenários da modernidade. Com um novo palco montado chegou também um novo ator: o estresse.
O estresse é uma resposta do corpo ao meio. Em casos em que o estresse é controlado o corpo pode ter um desenvolvimento ósseo e muscular, é o caso da musculação. Porém, quando o estresse é contínuo, há um risco à saúde, visto que o corpo fica em estado de alerta prolongado, podendo desencadear doenças como alcoolismo, pressão alta e gastrite.
O grande vilão que ativa os casos de estresse contínuo são as formas de trabalho contemporâneo. Cidadãos ganham um salário com o qual não conseguem quitar suas dívidas, quiçá usufrui-lo com lazer, e ainda possuem ofícios que não gostam. Tal labor é desgastante, pois todos os problemas do trabalho fazem companhia no sofá de casa.
Entre os jovens é possível identificar pressão social. Escolhas entre qual grupo pertencer na escola, e atenção demasiada à "social medias" são fatos que podem levar ao estresse entre adolescentes, principalmente pela estrutura biológica do ser.
É preciso, portanto, rever os meios de produção. Com uma sociedade doente psicologicamente não é possível obter progresso. Empresas podem proporcionar momentos de lazer aos funcionários, como o Google já faz. É preciso também, aconselhar e tutelar jovens sobre os perigos do estresse. Assim podemos ter uma sociedade saudável fisicamente e mentalmente.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!