O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Erradicação da fome

No filme Garapa, o diretor José Padilha faz um mapa da fome no Brasil. Nele, o documentarista acompanha a vida de algumas famílias que, sem dinheiro pra comprar melhores condimentos, alimentam seus filhos apenas com açucar queimado. Essa triste realidade, que parece tão distante e irreal, está na nossa frente e temos que nos perguntar: Como lutar contra a fome?

Segundo a teoria Malthusiana, elaborada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus, a população mundial cresce em PG enquanto a produção de alimentos cresce em PA. Segundo essa teoria, em poucos anos não teríamos como alimentar a todos. Porém, Malthus não contava com a evolução tecnológica do homem, que soube usar essa evolução na agricultura, derrubando assim o Malthusinanismo. Temos sim comida para todos, mas com a péssima distribuição esses alimentos não chegam a boca de uma minoria, que vive em miséria por conta de um mau planejamento governamental.

Além dessa má distribuição alimentícia, temos também no Brasil uma péssima distribuição agrária. Segundo dados do IBGE, 45% das terras do Brasil pertencem a menos de 1% dos habitantes. Ou seja, o espaço agricultável está quase todo na mão de poucas pessoas que usam essas terras para uso próprio, aumentando assim a dificuldade de plantar pra subsistir.

Fica claro, portanto, como é preciso mudar alguns quadros pra acabar com a fome. Assim, o governo poderia ajudar a população pobre com melhores programas assistencialistas, doando cestas básicas e outros itens, além de repensar a reforma agrária no Brasil. Assim, quem sabe, cenas como as vistas em Garapa podem deixar de ser vistas no nosso país.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!