O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Erradicação da fome

Problema de todos
A questão sobre a erradicação da fome é tema recorrente de discussão. Consoante observava o ensaísta francês, Joseph Joubert, o objetivo da argumentação não deve ser a vitória, mas o progresso das ideias.Por conseguinte, a importância de uma análise acerca dos meios que visam a erradicação da fome no mundo é substancial para que haja soluções eficazes e pontuais.
É bem verdade que , nas ultimas décadas, o avanço ao combate a fome cresceu exponencialmente. No Brasil, por exemplo, foram desenvolvidos campanhas que auxiliaram pessoas em vulnerabilidade econômica e social através do fornecimento de recursos econômicos a estes indivíduos possibilitando-os amenizar seu estado de desconforto social.
No entanto, muitos países ainda sofrem com as consequências da fome.Prova disso é que segundo o índice global da fome de 2013 pelo menos 56 países estão em situação grave em decorrência da escassez de alimentos pela qual sua população atravessa.
Nesse contexto, vale ressaltar que as nações e órgãos humanitários tem se esforçado na elaboração de projetos contra a fome. Entretanto, a perpetuação da distribuição desigual de alimentos mundialmente e o extremo desperdício de recursos alimentícios, são fatores que agravam ainda mais o quando mundial.
Portanto, faz-se necessária a elaboração de técnicas que possam amenizar tais consequências. Nesse sentido, segundo René Descartes, não existem métodos fáceis para solucionar problemas difíceis. Desse modo, cabe à escola a orientação e conscientização sobre esse problema em sala de aula; aos institutos de seguridade social,m a elaboração de políticas que amparem o cidadão vulnerável e ao Estado, o combate por mei de campanhas sociais contra fome e os fatores que a agravam.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!