O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Erradicação da fome

A Constituição Federal de 1988 garante o direito ao acesso de bens alimentícios a todos os cidadãos. Entretanto, segundo o site de notícias "Isto é", 2,4% dos brasileiros não têm o que comer todos os dias, o que ocorre em virtude, substancialmente, da desigualdade social e do descaso dos mais privilegiados. Desse modo, nota-se que é extremamente necessário tomar medidas acerca da problemática da fome no Brasil.


Em primeiro plano, a Revolução Industrial e o desenvolvimento do Capitalismo levaram ao acentuamento da desigualdade de renda no Brasil. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 10% da população mais rica detém quase toda a renda nacional, refletindo, assim, tal contraste social. Em vista disso, a maior parte da população não dispõe de recursos para manter uma alimentação saudável e suficiente para o seu bem-estar, acarretando no aumento significativo da fome.


Além disso, sabe-se que a produção agrícola brasileira é suficiente para atender toda a população, porém, em razão do Liberalismo econômico, decorrente da Globalização, grande parcela dessa é destinada à exportação. Isso decorre visto que tal forma de venda é mais lucrativa para as empresas, implicando, assim, na escassez dos bens de consumo primários no mercado interno. Em consonância a isso, o governo do país valoriza mais a sua riqueza externa do que a interna, já que essa é mais vantajosa para os seus próprios interesses, levando, portanto, à negligência desse em relação à erradicação da fome.


Dado o exposto, percebe-se que é fundamental concentrar esforços em prol de uma melhor alimentação dos brasileiros. Desse modo, cabe ao estado promover uma maior oferta de produtos primários por meio de incentivos fiscais às empresas privadas que optem pelo fornecimento de bens ao mercado interno, a fim de viabilizá-los a uma maior parte da sociedade. Aliado a isso, as ONGs devem incentivar, por meio das mídias digitais, a doação de alimentos po parte da população, para que, posteriormente, eles sejam entregues aos necessitados. Posto isso, será possível caminhar em busca da erradicação da fome no país e cumprir com o proposto na Constituição de 1988.
 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!