O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Enfrentamentos da mobilidade urbana no Brasil

No Brasil, a dificuldade nas condições de deslocamento da população ocorre devido ao investimento escasso em políticas públicas de urbanização e transporte. Portanto, os indivíduos resolvem optar pela compra do transporte individual, que gera um espaço urbano conturbado.
A unificação de duas ou mais cidades constituí uma única malha urbana aglomerada, assim surge o fenômeno chamado conurbação. Com o modelo periférico brasileiro, uma grande massa de pessoas são segregadas em direção a periferia, mas os grandes centros comerciais urbanos se encontram distantes da periferia, que leva o trabalhador o desafio de utilizar o transporte coletivo, sujeitos a sua má qualidade e as excessivas horas gastas na viagem.
Dessa forma, há um aumento na compra de carros. Entre os anos de 2002 e 2012, segundo dados do Observatório das Metrópoles, enquanto a população brasileira aumentou 12,2%, o número de veículos registrou um crescimento de 138,6%. As megalópoles brasileiras(São Paulo e Rio Janeiro) apresentam uma média de menos de dois habitantes para cada carro presente, o que inviabiliza quase todas as medidas para a garantia de um sistema de transporte mais eficiente.
Entende-se, portanto, que o direito de ir e vir com dignidade é impossibilitado.Nesse sentido, o Governo Federal deve investir em outros meios de transporte, por exemplo, bicicletas compartilhadas, monotrilho e o teleférico. Além da renovação nas estradas para que haja suporte para esses meios. E também a utilização de propagandas com intuito de estimular a utilização dos transportes alternativos.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!