O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Enfrentamentos da mobilidade urbana no Brasil

O crescimento industrial brasileiro aumentou o êxodo rural, causando inchaço demográfico nos grandes centros urbanos e possibilitando a esses habitantes,muitas vezes por conta da melhoria da remuneração, a aquisição de veículo próprio, gerando grandes problemas no que tange a mobilidade urbana, e o direito à cidade. Assim, frente a essa realidade, tanto o Estado quanto a sociedade civil passam a se preocupar com tal questão, buscando alternativas para solucionar o problema surgido.
Por parte do Estado inicia-se, à partir do ano 2000, políticas públicas voltadas para os investimentos e planejamentos priorizando o transporte coletivo. Desta forma, recursos e esforços migraram da construção de novas vias, acessos, marginais e túneis para a construção de corredores exclusivos de ônibus, aumento da malha metroviária e aumento da frota de coletivos e trens, por exemplo. Para além disso, iniciou-se também planos alternativos como as ciclovias, que dialogam com um novo ideal de utilização do transporte não motorizado, visando a solução da mobilidade , mas também, dialogando com as preocupações em diminuir os níveis de poluição por conta da emissão de gases poluentes.
Nesse mesmo contexto, experiências como os rodízios de veículos e até a taxação extra para uso das áreas mais centrais tem sido discutidas e utilizadas pelos governos municipais, nível do governo subnacional que deve enfrentar as questões de trânsito e uso do solo, por exemplo, com fulcro no artigo 30 da Constituição Federal que normatiza o papel dos entes federativos municipais. Além desses canais tem sido observado que a sociedade civil tem se conscientizado da importância da sua participação nesse processo, assim, iniciativas como redes de caronas e coletivos de bicicletas têm sido vistas em diversas regiões.
Portanto a Mobilidade Urbana tem sido um problema persistente na nossa sociedade.Para ameniza- lá é preciso que não somente as autoridades do governo como também a população passem a tomar medidas para combater esse caos, como: o governo passa a investir em projetos para melhorar e facilitar a locomoção, enquanto a população passa a optar por transportes mais práticos e viáveis, por exemplo bicicletas e transportes públicos, dando contribuição inclusive para a diminuição do aquecimento global. Observa-se então, que frente ao problema da falta de crescimento organizado dos grandes centros, causando problemas de mobilidade urbana, tanto governo quanto sociedade civil têm papéis importantes a desempenhar na busca de cumprir o objetivo de disponibilizar a todos o direito à cidade e uma qualidade de vida melhor.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!