O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Enfrentamentos da mobilidade urbana no Brasil

Segundo estudos da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, três milhões de pessoas gastam, em média, mais de duas horas em trajetos diários entre casa e trabalho. Dessa forma, para uma jornada de oito horas, um quarto é gasta apenas no deslocamento, causando a diminuição do tempo de descanso do trabalhador e deficiência em sua produção. Sob esse cenário, a ineficiência dos transportes públicos e a falta de infraestrutura nas grandes cidades são fatores que impedem uma mobilidade urbana adequada no Brasil.     

Em primeiro lugar, cabe frisar a ineficácia do sistema de transporte em massa. De acordo com a pesquisa de informações básicas municipais,96% das cidades brasileiras não têm um plano de transporte. Haja vista a falta de investimento no setor, sobretudo, nas cidades pequenas. Isso ocorre devido à corrupção e desvio de verbas que seriam destinadas a essa finalidade, causando a falta de linhas de ônibus e baixa qualidade dos veículos disponibilizados. Por conseguinte, parte da população utiliza carros particulares para seu deslocamento, de modo a evitar os desconfortos causados pelo transporte público. Logo, a população mais pobre se vê forçada a utilizar os meios comunitários e sofrer seus constrangimentos somados ao trânsito gerado por centenas de carros, aumentando o tempo de deslocamento e poluição atmosférica          

Outrossim, deve-se destacar, também, que a falta de infraestrutura nas grandes cidades agrava a problemática em análise. Tal fato pode ser evidenciado uma vez que a maior concentração da população economicamente ativa se encontra nas grandes metrópoles que, apesar do título são falhas no aspecto de planejamento. Justifica-se essa visão a partir do crescimento malplanejado e a macrocefalia urbana presenciados nas capitais brasileiras. Nessa perspectiva, as vias de transporte não suportam a quantidade de veículos e pessoas que se deslocam por ela. Como efeito, acidentes e o mal-estar social se tornam banais, compondo a realidade caótica do transporte brasileiro.     

Infere-se, portanto, que a mobilidade urbana, no Brasil, é um problema e exige medidas urgentes. Sendo assim, os governos estatais aliados com o Governo Federal devem promover melhorias na qualidade do transporte publico, de forma que incentive seu uso pela maior parte da população. Essa ação é viável através de investimentos no setor e na infraestrutura das rodovias das cidades. Em paralelo, a Polícia Federal precisa intensificar a busca e afastamento de políticos corruptos, que prejudicam o país e todos os seus cidadãos. Dessa maneira, a qualidade da mobilidade urbana no Brasil é aumentada, trazendo conforto e maior bem-estar a sua população e, ainda, melhorando sua economia e produção dos trabalhadores.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!