O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Enfrentamentos da mobilidade urbana no Brasil

A partir da primeira metade do século XX, com a ascensão do êxodo rural e da urbanização, junto com a implantação do rodoviarismo no Brasil, houve um aumento exorbitante no número de automóveis em circulação no país. No século XXI, devido ao aumento da participação da classe média na sociedade, os meios de transporte passaram à ser utilizados por toda a população, entretanto, esse fluxo gigantesco de carros e motocicletas nas grandes cidades, está desencadeando problemas tanto sociais quanto ambientais.
Primordialmente, deve-se destacar que, os problemas que a mobilidade urbana enfrenta nas metrópoles brasileiras, são resultados da falta de políticas públicas e investimentos na infraestrutura dessas, uma vez que, é alarmante o número de horas que o cidadão gasta no trânsito para deslocar-se de sua residência até seu emprego. Isso se deve tanto em razão do acréscimo no número de automóveis em circulação, quanto ao encarecimento da passagem de ônibus, mais pessoas utilizando esse ultimo poderia diminuir consideravelmente a quantidade do primeiro. Outro obstaculo encontra-se na violência no trânsito, ocasionada pela falta de radares e faixas de pedestres, resultando em acidentes e dificultando a implementação de ciclovias para meios de transporte sustentáveis.
Além disso, é indubitável que as grandes multinacionais cooperam para a complicação do deslocamento nos centros urbanos, em razão de produzirem carros com tecnologia obsoleta, levando a população à comprarem mais automóveis, causando superlotação nos estacionamentos e garagens, em consonância com uma maior emissão de gás carbônico e a acumulação de materiais de difícil descartamento, como pneu, que demoram séculos para decomporem-se.
Sendo assim, para que a sociedade brasileira possa usufruir de uma melhor mobilidade urbana medidas são necessárias. O Ministério da Educação junto com às escolas devem abordar o tema do comportamento no tráfego, conscientizando os estudantes sobre o comportamento que devem aderir, por meio de palestras que envolvam toda a comunidade, simultaneamente, o Governo Federal deve em parceria com as prefeituras das grandes cidades, realizar reformas na infraestrutura rodoviária, implementando mais faixas de trânsito e construindo mais ciclovias. Por fim, o Estado deve chegar a um acordo com às empresas, para um reajuste no valor das passagens de ônibus, também é essencial que esse órgão promulgue leis de regulamentação no número de automóveis em circulação, por meio de revezamento de veículos e determine que os artigos automobilísticos ultrapassados, devem ser recolhidos pelas fábricas de origem.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!