O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Enfrentamentos da mobilidade urbana no Brasil

Funcionando como a primeira lei de Newton, a lei da inércia, a qual afirma que um corpo tende a permanecer com seu movimento até que uma força suficiente atue sobre ele mudando-o de percurso. A mobilidade urbana caótica é um problema que persiste na sociedade brasileira há algum tempo. Com isso, ao em vez de funcionar como a força suficiente capaz de mudar o percurso do problema, da permanência para a extinção, fatores estruturais acabam por contribuírem com a situação atual.
Em primeira análise é válido ressaltar o crescimento urbano desordenado e por consequência o principal fator que direciona o problema: a segregação socioespacial. Prova disso, encontra-se na teoria da luta de classes do sociólogo Karl Marx na qual predomina uma hierarquia social. Sendo assim, a percepção do sociólogo aos dias atuais só reforça a persistência do problema uma vez que a burguesia predominante nos centros urbanos dificulta a locomoção dos proletariados que residem em áreas periféricas.
Ademais, por serem locais onde a prática ocorre, as cidades deveriam está aptas para ajudar na solução do problema, no entanto, não estão. Nesse sentido as consequências desse crescimento urbano desordenado é fortemente sentida pela população. Uma vez que o elevado índice de acidentes em trânsito pela grande conurbação aterroriza as pessoas, não sofrendo assim nenhuma intervenção governamental eficientemente na prática. Dessa forma fica nítido tamanho despreparo estrutural. Desse modo, torna-se claro a emergência de mudanças de percurso da mobilidade urbana, da permanência para a extinção.
Infere-se,portanto,que a mobilidade urbana caótica é um mal para a sociedade brasileira. Sendo assim, cabe ao governo federal construir delegacias especializadas em crimes de trânsito, afim de atenuar os acidentes em rodovias, além de aumentar a pena para quem o praticar. Ainda cabe a escola criar palestras sobre a estrutura das cidades e seus problemas, visando informar crianças e jovens sobre as diferentes dificuldades que determinada classe social enfrente no dia-a-dia. Ademais, a sociedade deve se mobilizar em redes sociais, no intuito de protestar assim como no movimento primavera árabe. Assim, poder-se-á transformar o Brasil em um país desenvolvido socialmente, e criar um legado a newton, da permanência para a extinção.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!