O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

Na Grécia antiga o teatro era construído de forma que o público, em qualquer lugar que fosse, tivesse acesso à encenação que ocorria no palco. No brasil, o crescimento do cinema ocorreu de forma concentrada, como consequência muitas pessoas não tem acesso ao cinema. Dessa forma, a cultura não está democratizada.


No artigo 205 da constituição federal, expressa que “O estado garantirá a todos o pleno exercício dos direitos e acesso às fontes de cultura nacional”. Porém, na prática essa lei não se aplica a população empobrecida. Com o alto custo do ingresso o acesso se tornou seletivo, tornando-se difícil a entrada para as pessoas menos favorecidas.


Grandes produções cinematográficas brasileiras relatam histórias, realidades, do povo brasileiro, das suas raízes, como exemplo, “Ó Paí Ó”, “Tropa de Elite”, “Vidas Secas”, “O Alto da Compadecida”, “Cidade de Deus” e entre muitos outros. Entretanto, os povos e histórias que fazem parte desses filmes não são os mesmos que podem usufruir desse produto final.


Segundo dados do IBGE, a população preta e parda tem menor acesso às salas de cinema, essa diferença está diretamente relacionada com o retrato das regiões do país. No Sul e no Sudeste, onde a maior população é branca, há maior concentração de bens culturais. No Norte e Nordeste, onde a maior população é preta, o número de equipamentos culturais é reduzido. Enquanto 44% dos pretos ou pardos moravam em municípios sem cinema, esse número em relação aos brancos era de 34,8%.


O filósofo grego chinês Confúcio, afirma que a cultura está acima da diferença da condição social. Diante desse exposto, é preciso que  Ministério da cultura juntamente com a Ancine elabore propostas que visem a população menos favorecida e os direitos humanos, por exemplo, parcerias com escolas públicas levando os estudantes ao cinema, com preços mais baratos, levar a cultura do  cinema até as periferias expondo filmes brasileiros em telões, exibir filmes nas escolas, dessa forma os jovens valorizarão a produção e criarão hábitos desde cedo, para que assim essa cultura seja democratizada e mais pessoas tenham acesso a arte e cultura no brasil.


 


2º Redação de Beatriz.


 


 


 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!