O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

    O Cineteatro Paramount, hoje Teatro Renault, surgiu na cidade de São Paulo em 1927, e era muito frequentado pela burguesia da época. No contexto atual, recintos de entretenimento como esse ainda não são abertos para a população mais carente, a qual é maioria no cenário nacional. Logo, é preciso analisar as causas dessa problemática, que são os altos preços e falta de investimento público, além de encontrar uma forma de resolução para o impasse.


    Em primeiro plano, deve-se ressaltar que os altos valores para a entrada nos cinemas, não correspondem ao ganho mensal da camada social menos favorecida. Sobre esse pressuposto, é sábio citar que o salário mínimo nacional, apesar de sofrer reajustes, ainda não alcança uma quantia confortável para uma família suprir as suas necessidades pessoais. Dessa forma, se torna inviável para os indivíduos pagar os preços exigidos por empresas de exibição cinematográfica, de modo com que os acessos a tais lugares continuem restritos e não sejam democratizados.


    Além disso, há grande carência de investimentos em arte e cultura no Brasil, provocando um distanciamento das pessoas desse benefício. De acordo com o filósofo Thomas Marshall, a cidadania só é plenamente estabelecida quando atrelada à alguns conceitos, no qual um deles envolve o lazer e o bem estar social. Todavia, há uma precariedade na criação de lugares que sejam direcionados à mostra de filmes e outros produções, de modo com que as pessoas, principalmente habitantes de cidades pequenas, não tenham acesso a esses lugares. Logo, a falta de investimento cultural causa um distanciamento dos cinemas, tendo em vista que se torna complicado encontrar salas que forneçam o mesmo serviço e que estejam ao dispor a população pobre.


    Portanto, cabe ao Governo Federal resolver o problema. Isso deve ser feito pela construção (ou montagem) de cinemas populares e gratuitos nas grandes metrópoles brasileiras. Por meio do repasse de verbas às prefeituras de cada município, salas para a exibição cinematográfica serão montadas, a partir do uso de edifícios desativados ou da apropriação de terrenos abandonados que sejam de posse governamental. A divulgação desse projeto deve ser de responsabilidade das escolas e órgãos públicos, de modo com que a finalidade inicial, que é a democratização dos cinemas, seja concretizada.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!