O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

O filme “Vingadores-Guerra Infinita”,lançando no ano de 2019,superou bilheterias de filmes no mundo todo,principalmente no Brasil,acarretando em um deslocamento de regiões periféricas em busca de locais que disponibilizam o acesso aos filmes.Análogo ao exposto,no contexto vigente,a disponibilidade dos cinemas ao longo do território nacional mostra-se em debates.De fato,a acelerada urbanização do país e a precária distribuição de filmes,ao longo da pátria,contribuíram para indagar ainda mais essas questões.Nesse viés,é necessário compreender e elencar o processo de democratização do acesso ao cinema no Brasil.



De início,a urbanização do país,no Governo de Rodrigues Alves,promoveu uma expansão de entretenimentos nas cidades,com o aumento de praças,redes de alimentação e principalmente cinemas.Dessa forma,a sociedade teve acesso aos principais acontecimentos da época,como 2ª Guerra Mundial,pois esses eram retratados em filmes.Sobretudo,as exibições retratadas em cinemas não contribuíram apenas para entreter a sociedade,como também foi responsável em criar um senso crítico a população,devido às denúncias implícitas contidas nas películas.Além do mais,as pessoas que mais foram beneficiadas pela inclusão de cinemas,foram os analfabetos,pois esses não possuíam conhecimentos suficientes para lerem livros e optavam por ir aos filmes.Logo,é notório que a abertura de cinemas no país beneficiou toda a camada populacional,desde intelectuais até analfabetos,promovendo uma singela inclusão social.



Em consequência,nota-se a precária distruibuição dos cinemas,ao redor do território nacional,como empecilho pra efetivação do acesso aos filmes.Ainda que,o Brasil possua diversos locais de exibições de películas espalhados pelo Estado,a grande maioria se concentra na região Sudeste,principalmente nas capitais como São Paulo e Rio de Janeiro.Sobretudo,essa distribuição reflete um abismo social e principalmente promove segregações populacionais,pois os indivíduos afetados não possuem acesso ao lazer e muito menos acesso aos cinemas.Desse modo,implicitamente,ocorre a busca por outros tipos de entretenimento pelas populações excluídas e que nem sempre é educativo e cultural como os filmes,chegando em últimos casos,até mesmo com a busca por substâncias alucinógenas.Por fim,é visível que a falta de cinemas promove um desequilíbrio na sociedade.



Portanto,a democratização do acesso aos filmes no Brasil é extensa e necessita de medidas.Cabe ao Ministério da Cultura promover a abertura de cinemas em regiões afastadas de cidades metropolitanas,por meio de financiamentos concedidos pelo Ministério da Economia,a fim de promover a cultura e sensível inclusão social dos indivíduos afastados da sociedade.Dessa forma,toda a população,desde analfabetos até doutores poderão desfrutar igualmente da disponibilidade dos cinemas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!