O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

     A Declaração Universal dos Direitos Humanos, promulgada pela ONU em 1948, assegura o direito a cultura e ao lazer a todos os indivíduios. Entretanto, no cenário brasileiro atual ocorre justamente o contrário, na questão da democratização do acesso ao  cinema. Nessa esteira, verifica-se um problema de contornos específicos, devido, não só pelo elevado custo dos ingressos, mas também pela ausência de salas cinematográficas nas pequenas cidades da nação verde-amarela.


  Em primeiro plano, é preciso atentar para a comercialização presente no campo cinematográfico. Dessa forma, a máxima da escola de Frankfurt de ''transformar a indústria cultural em uma cultura de massas para lucrar'' cabe perfeitamente. Em consequência disso, o alto preço cobrado por uma ''entrada'' no cinema inviabiliza que uma parcela da população desfrute desse direito universal, ou seja, o lazer.


     Em segundo plano, cabe mencionar a centralização do parque cinematográfico. Segundo dados do site Meio e Mensagem, apenas, 17% da população frequenta o cinema, reflexo direto da carência de salas exibidoras nas cidades do interior. Logo, é preciso descentralizar para democratizar o acesso das pessoas a esse bem cultural.


     Portanto, indubitavelmente, medidas são necessárias para reverter esse quadro. Desse modo, o Ministério da Cultura deve levar carretas aos 4 cantos do Brasil, por meio de um projeto chamado ''Cinema Acessível e gratuito'', esse veículo móvel deve estar equipado com telas e poltronas que serão colocadas nas praças para receber os espectadores. Nessa perspectiva, espera-se trazer mais conhecimento sobre o cinema e atingir um número maior de usuários. Assim, essa ação iniciada no presente será capaz de modificar o futuro de toda sociedade brasileira.


     

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!