ENTRAR NA PLATAFORMA
ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

  Durante o século XX, marcado por todo o terror da segunda guerra mundial, Charles Chaplin - cineasta, ator, diretor, entre outros -, foi um dos gandes responsáveis por levar a alegria ao mundo através do cinema, chamando atenção por usar apenas da mimica, este também, protestou contra Adolf Hitler - ditador alemão - em uma de suas obras, "O Grande Ditador". Diante dessa conjuntura, no século XXI com o crescimento populacional, enfrentamos diversos problemas para tornar o acesso ao cinema democrático. Sendo assim, temos como principais causas da problemática não só a falta/inexistencia de cinemas no interior do Brasil, como também, a baixa renda da família brasileira.


   Em primeiro lugar, vale ressaltar que o filme, "Vingadores: Ultimato" da Marvel studios, bateu recorde em bilheteria, com cerca de 1 bilhão de dolares arrecadados, porém, em um mundo com cerca de 7 bilhões de habitantes e levando em condideração que um ingresso custa mais de 1 dolar, percebemos que apenas uma parcela da população mundial possui acesso a este meio de lazer. Nessa lógica, se torna evidente a falta de estruturas para levar filmes para não so as capitais mundiais como também para o interior dos países. Sendo assim, se torna necessário criarmos medidas que viabilizem o seu acesso para todos.


   Outrossim, em um país subdesenvolvido como o Brasil, a maior parte das familias não possuem dinheiro o suficiente nem para pagar as despesas - alimentação, moradia, transporte, entre outros -, se tornando para essas pessoas impossível ou ate mesmo superfluo gastos com lazer. Segundo, o filósofo Jean-Paul Sartre, o indivíduo nasce livre e se encontra acorrentado por todos os lados, certamente milhares de cidadões estão "presos" e isolados de atividades como a apresentada. Faz-se mister, a criação de políticas públicas para integrar a população carente da federação.


  Portanto, é necessário a criação de medidas que atenuem a problemática. Logo, a fim de promover a acessibilidade, cabe ao Ministério da Educação e Cultura - MEC - levar o cinema a comunidades pobres e isoladas, por meio de projetos como "cinemas populares" - onde seria levado projetores e filmes para serem transmitidos em escolas e ginásios -, tendo em vista, a falta de estrutura e de capital. Ademais, compete ao cidadão cobrar do governo meios de lazer acessíveis. Somente assim, conseguiremos levar alegria a população assim como realizava Chales Chaplin.


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde