use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

No episódio Cine Gibi, da Turma da Mônica, retrata o dia do personagem Chico Bento indo ao cinema na capital, onde enfrenta vários desafios ao longo do trajeto. Hodiernamente, essa realidade perpetua em várias cidades do país, que para o cidadão desfrutar de um dia de lazer precisa passar por vários obstáculos. Desse modo, conclui-se que os empecilhos para a democratiação do acesso ao cinema no Brasil se refere ao valor exorbitante dos ingressos e da pipoca e a falta de polos de cinema nas regiões Norte e Nordeste do país.



A priori, evidencia-se que o alto valor dos ingressos e da pipoca estejam entre as causas do problema. Segundo Marthin Luther King, a injustiça num lugar qualquer é uma ameaça a justiça em todo lugar. De maneira análoga, é possível perceber que no Brasil essa realidade não é diferente, haja vista que é impossivel para uma família que sobrevive com um salário mínimo ir ao cinema e também se alimentar. Dessa maneira, torna-se notório o quão é evidente essa situação no dia-a-dia da maior parte das famílias brasileiras.



A posteriori, destaca-se a falta de polos de cinema nas regiões Norte e Nordeste do país como impulsionador do  problema. De acordo com Émile Durkeim, o fato social é uma maneira coletiva de agir e de pensar, dotada de generalidade, exterioridade e coercitividade. Seguindo essa linha de pensamento, observa-se que as regiões Norte e Nordeste do Brasil são as que mais se prejudicam em diversos assuntos relacionados a cultura do país, haja vista que na maioria das vezes esse empecilho se relaciona com o fato do preconceito relacionado de que todos os moradores dessas regiões sao ''sertanejos''. Diante disso, é evidente que essa construção social se resolva urgentemente.



Evidencia-se,portanto, que medidas intervencionais são necessárias para que a democratização do acesso ao cinema no Brasil seja solucionado. Destarte, o Governo deve implantar um recurso para pessoas de baixa renda possuírem entradas gratuítas nos cinemas nacionais. Ademais, o Estado brasileiro deve garantir que os estados que não possuem centros de cinema, criem novos polos para atender a população brasileira. Ademais, a mídia deve orientar a população sobre os seus direitos e deveres a respeito da cultura do país. Só assim, essa problemática será resolvida no Brasil.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!