use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

De acordo com Durkheim, a sociedade funciona como um "organismo biológico", o qual para ser igualitário e coeso, depende das partes que o compõe. Sendo assim, pode-se observar uma falha nesse funcionamento, visto que, a falta da democratização do acesso aos cinemas do Brasil, deturpa a teoria do sociólogo. Assim, dois fatores devem ser levados em consideração: a sociedade de controle, como também, o desenvolvimento do comodismo da população.



 Em primeiro plano, cabe destacar a sociedade de controle como permanência do problema. A esse respeito, seria pertinente trazer a ideia do filósofo Gilles Deleuze, o qual concretizou que o capitalismo tornou-se um administrador dos desejos individuais. Contudo, a população de baixa renda, é influenciada a consumir ingressos caríssimos de um cinema para assistir um filme, porém não há as condições necessárias para tal situação. Por consequência, camadas vulneráveis da sociedade, são excluídas das telas cinematográficas, o que torna esse instrumento cultural ainda mais antidemocrático e injusto.



 Outrossim, é necessário salientar o comodismo do ser humano como influência nesse quadro deletério. Diante disso, conforme o site " Meio e Mensagem ", 88% dos telespectadores, assistem filmes pela TV. Isso acontece, porque, nos dias atuais há plataformas virtuais de séries, que são mais práticas e fáceis de serem acessadas, além de ter um bom custo benefício. Dessa maneira, fica evidente que o cinema se tornou algo obsoleto para a comunidade civil, já que a tecnologia possibilitou uma eficiência de assistir filmagens, em pequenos aparatos tecnológicos.



 Em suma, medidas exequíveis são necessárias para transformar o cinema em um ambiente democrático. Destarte, cabe ao Estado, promover cinemas em zonas periféricas das cidades com a entrada gratuita e com ingressos em troca de um alimento não perecível. Isso pode ser feito por meio de verbas governamentais e por meio de divulgação de redes sociais (como Facebook, Twitter e Instagram). Outra ação que pode ser feita, urge que empresas cinematográficas, façam uma parceria com plataformas online de filmes como a “Netflix", as quais devem avisar os internautas ao clicarem na exibição, para assisti-la nos cinemas. Tais intervenções, tem por consequência, ter cines municipais, tirar as pessoas do comodismo e tornar esse meio de entretenimento igualitário para todos, e com isso, a sociedade funcionará.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!