use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

"No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho". O trecho do poeta modernista Carlos Drummond de Andrade se faz válido neste contexto, uma vez que, embora o cinema seja mais acessado hodiernamente por causa de seus benefícios, há uma pedra no meio do caminho da democratização da frequência das pessoas nele: onde estão localizados. Portanto, convém serem analisado os imbróglio existentes e, tembém, possíveis soluções para ele.


Atualmente, as salas de cinema estão sendo mais frequentadas, consoante informações do site "Meio em Mensagem", as quais explicitam que houve um aumento de 43% nas taxas de visita desses locais. Isso é decorrente do prazer e da diverção promovida pelos filmes passados, geralmente assistidos pelas pessoas após uma semana exaustiva; ou seja, é um momento de lazer para elas. Assim, o cinema está gerando regalias, cada vez mais, aos brasileiros.


Contudo, nem todos são agraciados com tais momentos em frente à uma tela cinematográfica. O que se assemelha ao período em que Juscelino Kubitschek governou o Brasil, pois, apesar de ele ter concluído seu Plano de Metas - importante programa de industrialização e modernização do país - e, por consequência, beneficiado a população de certas regiões, como a Sul, outras localidades, a exemplo o Nordeste, ficaram distantes daquela realidade. Nos dias atuais, existe o mesmo problema, porém com a democratização das salas de cinema, as quais estão presentes, sobretudo, nas metrópoles brasileiras e não em pequenas cidades. Desse modo, existe uma intença desigualdade no acesso ao cinema no Brasil por conta de, em maior relevância, da escassez do primeiro.


Em virtude dos fatos anteriormente mencionados, é mister que o Governo Federal mude essa situação. Para isso, ele deve promover a interação da população com os filmes, por meio da criação de cinemas, em diversas cidades do país, com o objetivo de dar opção de lazer ao indivíduo. Ademais, é necessário que empresas invistam também na contrução de cines, com preços acessíveis à população, por intermédio de uma contribuição do Estado, com o propósito de que a desigualdade da entrada neles seja eliminada. Assim sendo, a pedra será retirada do caminho do brasileiro e não hexistirá discrepâncias nesse setor como ouve no da industrialização no governo JK.


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!