O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

   Durante a " Era Vargas", foi criado o Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), no qual as mídias, como televisão e cinemas foram usadas na promoção do nacionalismo e na exaltação do então presidente Vargas. Hodiernamente, o Brasil possui um imenso contingente populacional , porém o sistema capitalista apropriou-se da indústria cinematográfica e concentrou o acesso aos detentores do poder aquisitivo além disso a supervalorização dos filmes internacionais eleva os preços e negligência o mercado interno .Nesse contexto, deve-se analisar as razões que fazem dessa problemática uma realidade contemporânea.


   Em primeira análise, sob a ótica de Adorno e Horkheimer, o sistema capitalista, por meio da indústria cultural, cria demandas inexistentes, gera desigualdades e atrela aos produtos uma pseudofelicidade. Dessa forma , apenas os detentores do capital tem acesso aos cinemas , visto que os ingressos são extremamente caros e as salas de reprodução se localizam longe das áreas periféricas.Um exemplo disso é o exclusivismo dos cinemas em shopping centers, evidenciando o processo de elitização proporcionado pelo mercado. Como resultado, as pessoas mais pobres recorrem à práticas ilegais como a pirataria, insto é , compram filmes ilegalmente ou fazem "downloads" em sites duvidosos. 


    Além disso, nota-se, ainda, que os baixíssimos investimentos no cinema nacional secundarizam as produções e, consequentemente, destacam os filmes estrangeiros. Isso acontece porque os brasileiros , desde o processo de colonização, estão acostumados a consumir tudo que vem do mercado internacional e , com isso , vilipendiam as proprias criações. Um caso análogo são as baixas bilheterias nacionais, quando comparado com filmes como " Vingadores - Ultimato" que levou milhões de pessoas aos cinemas. Nessa perspectiva, para Pierre Bourdieu, as estruturas sociais são incorporadas no processo de socialização , fazendo com que comportamentos característicos de uma determinada época, como a  supervalorização internacional , sejam naturalizados. Como consequência da falta de identificação, por parte dos mais pobres, apenas as camadas média e alta podem usufruir da sétima arte. 


   Diante dos fatos supracitados, faz-se necessário que a Democratização do acesso ao cinema brasileiro seja debatida e promovida urgentemente. Em razão disso, cabe que o Governo, por meio do Ministério da Cultura, em parceria com as produtoras, discutam e elaborem ações que combatam o cenário atual, criando o "cartão da cultura, no qual todo cidadão de baixa renda poderá ganhar descontos e pontos para trocar em novas sessões , a fim de estimular e incluir as famílias mais pobres. Além disso , é necessário que as escolas promovam os cinema nacional , visto que a falta de identificação gera desinteresse, por meio de exibições semanais e resenhas escritas pelos alunos. Dessa forma, talvez a próxima produção a ocupar o topo das bilheterias seja de um brasileiro , orgulho nacional . 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!