use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

A Constituição Federal Brasileira, promulgada em 1988, no artigo V, prevê a todo cidadão o direito à saúde, segurança e lazer de qualidade. No Brasil, entretanto, a falta de democratização no acesso ao cinema vêm se agravando de forma alarmante nos últimos anos. Nesse sentido, cabe a análise acerca de causas e possível medida de solução desse impasse social.



Inicialmente, é importante ressaltar os fatores que impossibilitam a igualdade no consumo do cinema brasileiro. No século XIX, ocorreu na frança um período denominado "Bela Época", na qual a sociedade francesa apresentou elevados índices de industrialização, uma vez que surgiram a luz elétrica e o cinema. Em contrapartida, no Brasil ocorria uma grande instabilidade econômica. Dessa forma, é inaceitável que um país oficialmente democrático não garanta a inclusão de pessoas menos afortunadas ao setor de entretenimento digital.



Além disso, vale também destacar as razões desse fenômeno. De acordo com uma pesquisa publicada pelo portal de notícias G1, cerca de 70% da população não frequentam o cinema. Configura-se, dessa maneira, como nociva a noção de que um país com altas taxas tributárias não forneça espaços audiovisuais de forma igualitária a todos.



Portanto, para que os ideais democráticos da constituição não sejam apenas teoria, mas se tornem uma medida prática, é necessário maior efetivação do Governo Federal. O Ministério de Infraestrutura, deve investir no setor tecnológico, com a criação de locais de cinema no setor urbano, por meio de parcerias público-privadas

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!