use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

ENEM 2019 : Democratização do acesso ao cinema no Brasil

Por consequência do Iluminismo, conclui-se que uma sociedade só prospera quando um se sensibiliza com o problema do outro. No entanto, quando se nota à falta de democratização do acesso ao cinema no Brasil, vê-se que esse ideal iluminado é constatado na teoria e não desejavelmente, na prática, e a problemática vigora inerentemente ligada à realidade do país, que mescla conflitos nos setores políticos e sociais. Sob tal ótica, explorar as raízes e os frutos desse contratempo é ação que se faz imediata.
Mormente, é crucial pontuar que a exclusão do acesso da grande parcela de brasileiros ao cinema provém da baixa atuação das esferas governamentais, no que se refere à criação de meios que coíbam tais recidivas. Acerca disso, é pertinente trazer o discurso do pensador Friedrich Hegel, o Estado deve cuidar do bem-estar dos seus "filhos". Em virtude, da ausência de desempenho das autoridades, ocorre uma má urbanização, favorecendo apenas algumas camadas da sociedade, enquanto, pela falta de cinemas em suas localidades, grande parte da população brasileira não tem a oportunidade de prestigiar o contato com o cinema. Dessa forma, faz-se fundamental a reforma estatal, perante o empecilho.
Outrossim, é válido ressaltar, conforme Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, políticas e econômicas é a característica da "modernidade líquida" vivida no século XXI. É indubitável, contrapor que, a mobilidade urbana, esteja entre os causadores do problema. Sob tal contexto, a escassez de transportes públicos em regiões adjacentes das grandes cidades, contribui para o difícil acesso de parte da população aos cinemas. Tudo isso detém a resolução do contraste, perpetuando a continuação desse quadro deletério.
Em suma, com o intuito de amenizar a ausência de democratização do acesso ao cinema no Brasil, carece, urgentemente, que o Tribunal de Contas da União dirija capital que, por intermédio do Ministério de Desenvolvimento Social — ramo do Estado responsável pela formação social cívica — através, da construção de salas de cinema em áreas carentes, por meio da aproveitação de terrenos abandonados, a fim, de levar cinemas para todos. Enfim, aliviar, em médio e longo prazo, os impactos nocivos do problema alcançará os ideais iluminados para formar uma sociedade utópica.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!