O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

ENEM 2018

O Mito da caverna, metáfora de Platão, retratava dois mundos divididos entre a falsa percepção de realidade e a valorização da razão que contrariava isso. Fora da ficção, a internet tem funcionado como o mundo sensível, onde o senso comum dá-se através dos algoritmos, promovendo uma manipulação maquiada e limitando assuntos, prejudicando sobretudo os jovens.
É importante destacar que o grande número de dados gerados a cada acesso permite os mais variados portais a conhecerem o perfil de um usuário, seja a partir da reprodução de músicas, notícias ou filmes. Contudo, o que em um primeiro momento pode parecer uma ferramenta útil, as chamadas "sugestões" restringem o conteúdo recebido. Logo, alguém ao evitar ler sobre saúde, por exemplo, tende a não receber matérias a respeito do tema, gerando uma bolha de desinformação.
Ademais, o comodismo oferecido pelos aparelhos eletrônicos perpétua entre os jovens, manifestando-se até mesmo em sala de aula. Nesse contexto, a falta de opiniões contrárias reverbera na diminuição de debates e, portanto, questionamentos. Em contraste aos pensadores gregos, que reuniam-se em círculos para contestar ideias impostas, hoje faz-se comum a disseminação de uma mesma ideologia entre um determinado grupo, tornando pessoas presas a uma só realidade. Outrossim, a transmissão de notícias falsas é facilitada, já que fontes não são checadas.
Em suma, existe uma necessidade de um estímulo ao pensar, sobretudo no âmbito escolar. Cabendo principalmente ao Governo promovê-lo, por meios de projetos do Ministério da Educação que busquem a valorização do debate e pensar. Além disso, medidas punitivas a quem divulga notícias falsas devem ser reforçadas. Assim, será possível vencer paradigmas e quebrar a zona de conforto.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!