O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

ENEM 2016 - prova 2

O fim da escravidão
Compensar a injustiça da lei de terras, a qual ex-escravos ficaram às margens sociais por não terem condições de aquirir propriedades é um marco histórico racista. Como combater atitudes como essa no Brasil do século XXI? É preciso identificar a sociedade como preconceituosa e ampliar o plano de cotas, para isso serão necessárias medidas cabíveis refletindo na sociedade e sua forma de agir e pensar.
Em primeiro lugar, para identificar o racismo basta observar as redes sociais, nessas o ódio é disfarçado de comentários satirizados e tratados como banais. Como o caso da miss Brasil comparada a uma empregada e desmerecida da posição conquistada que apesar de negativas ainda teve gente que concordasse. Essas atitudes repugnantes são reflexo, infelizmente, da marginalização histórica, em que os negros foram condicionados aos trabalhos que já desempenhavam quando escravos. Tais expressões preconceituosas, se minimizadas ampliam a quantidade de comentários maldosos que deveriam ser tratados como vergonhosos e acima de tudo, criminosos.
Em segundo lugar, a forma de pensar racista está presente também pela falta de homogeneidade de mercado. Sendo, segundo o IBGE, aproximadamente 70% da população negra brasileira, nem metade ocupa vagas nas universidades e consequentemente isso se estende para o mercado de trabalho e os cargos mais reconhecidos. Daí a necessidade de equilibrar essa situação, visto que o Brasil é uma nação de maioria negra, criando cotas raciais para cargos elevados em empresas, como plano de democratização entre as raças.
Portanto, o combate ao racismo no Brasil vem de apontar o racismo velado e banalizado como prejudicial e criar um mercado de trabalho mais neutro e não de maioria branca. Sendo assim, o Ministério do Trabalho deve exigir das empresas que criem as cotas raciais por meio de decretos de lei e a preço de multa caso não seja comprida a medida. Outra forma de combate seria empresas de RH fiscalizaram redes sociais de futuros empregados e se encontrado comportamentos racistas rejeitar o candidato deixando claro o motivo, para assim ficar a clara a negativa e consequências do pensar racista. Por meio de tais ações esperasse que o preconceito deixe de escravizar as mentes como um dia o fez aos homens.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!