O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

ENEM 2016 - prova 2

Caminhos para combater o racismo no Brasil


Desde o descobrimento do Brasil, os indigenas que aqui viviam foram escravizados pelos portugueses, que consigo trouxeram negros escravos, mesmo com o fim da escrvidão os pretos continuaram a ser marginalizados, sem ter condições de subsitência e sem trabalho digno. Ainda hoje esse racismo estrutural permanece em nossa sociedade haja vista que muitos negros tem menos oportunidades nos estudos e por conseguinte em empregos, por muitas vezes morarem na periferia onde não há infraestrutura.
Em vista disso, é analisado uma herança racista no país, que mesmo com a implantação da lei nº 7.716 que penaliza esses atos, ainda existem pessoas que o praticam. Como ocorrido em 2020 com o espancamento até a morte de João Alberto no Walmart, por policiais brancos sem que houvesse motivo. Portanto é necessário mais medidas para combater esse mal até que seja extinto, começando pelos mais novos, para que esse preconceito seja cortado pela raiz.
Além disso, é preciso conscientizar os adultos e idosos para que mudem suas ideologias retrogadas e nocivas. Como citado pelo advogado, rebelde e ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela: ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor da pele, para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar. Em virtude da frase mencionada é primordial que a sociedade ensine sobre valores e como respeitar todos os indivíduos.
Em razão dos fatos apresentados, são necessárias ações que amenizem até que acabem com o preconceito racial. Por meio de aulas, palestras e debates em todas as escolas públicas e particulares, promovidas pelo Estado, para que desde cedo os brasileiros se informem, não aceitem e sejam ensinados a como e quando denunciar uma injúria racial. Entretanto é de igual importância instruir os mais velhos, o governo em parceria com as mídias, como canais de TV, de rádio e sites na internet, devem elaborar anúncios educativos para combater e advertir sobre o racismo. Para que assim nenhuma raça ou etnia jamais se considere superior a outra, como ocorrido na nação a partir do séc. XVI.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!