O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Educação sexual e infância

Na série "Sex Education", um grupo de jovens enfrenta desafios sexuais diversos. Fora da ficção, o fato mencionado não diverge tanto da realidade, visto que, diariamente, o debate acerca da educação sexual na infância faz-se necessário. Nessa lógica, a falta de preparo do Estado e as diversas consequências na vida da criança são fatores que precisam ser analisados para que essa questão seja melhor aceita.


A princípio, é válido mencionar os furos governamentais como a raiz do problema. Segundo o filósofo Friedrich Hegel, é dever do Estado proteger os seus filhos. Analogamente, quando há a ineficiência do estudo sexual por parte de órgãos públicos, ocorre a transformação do assunto em um tabu e acaba por ir de encontro à máxima de Hegel. Dessa forma, o governo não analisa o fato como deveria e as pessoas prendem-se à análises superficiais de um assunto necessário que precisa ser remodelado.


Em segundo lugar, é cabível salientar os problemas que uma não educação sexual na infância pode causar. De acordo com Stephen King, escritor norte-americano, a criança só entende o que é o martelo depois que seu dedo é confundido com um prego. Não obstante, o empecilho pode causar traumas e inseguranças na adolescência, fazer a pessoa buscar informações por terceiros, a gravidez precoce e também facilitar o abuso infantil em casa. Nessa lógica, é mister uma reformulação estatal de forma urgente.


Fica evidente, portanto, que a educação sexual na infância é preocupante. Para tanto, a fim de educar de maneira correta sobre relações sexuais, urge que o Governo Federal em parceria com o Ministério da Educação e Cultura (MEC) crie, por meio de verbas governamentais, um programa que seja incluso nas escolas e que se adapte às diferentes idades. O projeto contará com diferentes abordagens, buscando ensinar de maneira lúdica e confortável todas as crianças. Feito isso, será possível quebrar o tabu e evitar mais casos como os em "Sex Education".

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!