O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Educação sexual e infância

EDUCAÇÃO SEXUAL E INFANCIA



A educação sexual na infância ainda é um tabu no Brasil hodierno. Assim, a carência dessa traz consequências negativas para a sociedade. Na psicologia de Freud, a psicossexual vem desde o nascimento, ou seja, a energia institiva de acordo com a faixa etária. Contudo, a falta dessas informações resulta em uma sociedade sem entender sobre sexualidade com sensatez.


Entende-se educação sexual, por ser o ensino para esclarecer questões relacionadas ao sexo. Contudo, o tabu e o preconceito persistem na infância, pelo entendimento de que será o ensinamento à influencia de uma vida sexual ativa para as crianças. A importância do esclarecimento é importante porque quanto menos informado, mais cedo inicia. Dados de 2017 do IPEA, mostraram que uma em cada cinco crianças no Brasil é filha de mãe adolescente, sendo que 58% dessas adolescentes não estudavam quando engravidaram.


No Brasil, há muitos casos de violência sexual, muitas são pela própria família. Portanto, sem o entendimento de uma criança muitos casos não são expostos pela mesma, gerando medo, até mesmo depressão. Além disso, doenças sexualmentes transmissíveis e gravidez precoce, são consequências que não voltam mais atrás, acarretada pela escassez do esclarecimento sexual na infância Como diria o ex presidente Nelson Mandela "a educação é a arma mais poderosa para mudar o mundo."


Para tanto, faz se necessário a educação na infância não ser um tabu. Para isto, é de necessidade que a rede midiática junto com o Ministério da Saúde mostrem a importância dos ensinamentos sexuais e suas consequências negativas, por meio de outdoors, novelas, etc. Ademais, o Minitério da Educação, deve estimular palestrantes (psicólogos e médicos) nas escolas para informarem aos alunos sobre doenças sexuais, gravidez precoce, violência sexual, etc.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!