O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Doação de sangue no Brasil

  Em 1901, Karl Landsteiner descobriu os tipos sanguíneos A, B, AB e O, e a compatibilidade entre eles. Depreende-se desse avanço científico a possibilidade de salvar milhões de vidas hodiernamente. Conquanto, há insuficiência de sangue nos hospitais, tal problemática ocorre devido não só a falta de informação e conscientização da população, mas também quanto a falta de estocagem.
  De início, nota-se que, o número de doações de sangue no Brasil é baixo pois existe uma falta de assistência do governo em envolver e fidelizar doadores de sangue, isso deve-se a falta de propagandas nas redes on-lines e off-lines. Dessarte, ainda há muito preconceito com doação de homossexuais, o senso comum classifica-os como portadores de doenças, algo que comtemporaneamente é provado cientificamente que não é verdade, pois praticar relações sexuais com preservativo não é um risco. A falta da conscientização das pessoas podem levar à saúde a uma crise por falta de sangue nos hemocentros.
  No cenário atual de uma pandemia é notória a preocupação com a falta de sangue, por isso é necessário a estocagem nos hemocentros , principalmente de tipos mais raros como B e AB, ou também o RH nulo, também chamado de sangue dourado. Ademais, no dia 8 de maio de 2020, a restrição que proibia homossexuais de doarem sangue foi derrubada, o que aumenta as disponibilidade de doações. Um sistema de estocagem e de distribuição de sangue seria infalível para a dor de cabeça dos hospitais com a falta de sangue.
  Em síntese, medidas devem ser efetivados afim de mitigar os impactos da doação de sangue no Brasil. Urge que o Ministério da Saúde junto com o governo crie uma série de campanhas para conscientização da população sobre a importância de doar para o próximo através de um plano de ação para inspirar a doação de sangue e um sistema de distribuição. A partir dessas ações, espera-se promover uma melhora da saúde.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!