O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Doação de sangue no Brasil

Segundo dados do Ministério da Saúde, 16 a cada 1 mil brasileiros são doadores de sangue. Uma vez que, esse número equivale a 1,6% da população brasileira e atinge os parâmetros estipulados pela OMS. Todavia, apesar do país cumprir essa meta, os estoques de sangue ainda são considerados insuficientes para suprir as necessidades dos hospitais que sofrem com seus armazenamentos de sangue no limite. Nesse sentido, é cabível analisar os fatores que tornam a doação de sangue um dilema no Brasil.


Primeiramente, é de suma importância destacar o fato de que a sociedade brasileira não possui o hábito ou até mesmo a cultura de doar sangue. Além disso, não é portadora de informações a respeito de como, onde e para que doar, pela falta de campanhas que expliquem a importância de ir ao hemocentro, e que o ato de doar além de ser solidário salva vidas. De acordo com a biomédica Cinthya Duran, com uma única doação é possível salvar quatro vidas, deixando claro a alta relevância que há nesse ato empático. Diante do apresentado, entende-se o quanto é necessário criar uma cultura de doação de sangue na sociedade brasileira, com o conhecimento fundamental para que isso se efetive.


Outrossim, é valoroso ressaltar também os problemas que a falta de uma cultura de doação provoca no bem-estar dos cidadãos brasilienses. Visto que, a insuficiência dos estoques de sangue nos hospitais obviamente não conseguem suprir as suas demandas diárias, fazendo com que várias cirurgias sejam adiadas, tratamentos de câncer pausados e vítimas de acidentes no país sejam prejudicados. Na obra "Raízes do Brasil", do escritor Sérgio Buarque é possível perceber o brasileiro como um ser cordial, que é movido pela solidariedade, entretanto trazendo essa alusão para o contexto de doar sangue, essa empatia descrita não tem sido efetivada como deveria. Fatos esses que explicitam o quão urgente é praticar a doação de sangue.


Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse, pois a falha reserva de sangue em hospitais tem ocasionado em vidas perdidas. Então, o Ministério da Saúde, deve por meio de campanhas publicitárias informar a população sobre os processos da doação de sangue de uma maneira didática, para que os indivíduos sejam informados e conscientizados de que doar não traz malefícios para a saúde mas que salva vidas. Ademais, que essas campanhas incentivem os brasileiros a uma cultura sólida de praticar esse ato solidário, para que a obra de Sérgio Buarque citada acima, seja devidamente valorizada. Medidas essas, que tenham a finalidade de aumentar os reservatórios de sangue até então insuficientes no Brasil, salvando assim milhares de vidas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!