O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Doação de sangue no Brasil

  A série americana "Grey's Anatomy" relata casos de pacientes que prolongaram a sua longevidade, graças a realização de diversas transfusões plasmáticas.Contudo, o que fora exposto na obra cinematográfica encontra-se distante da atualidade, a julgar pela eclosão de um quadro marcado pela ausência de doadores de sangue no Brasil.Sob esse viés,para a solução dessa heterogeneidade é válido averiguar as suas causas: a desinformação e a limitação indevida de certos grupos sociais.


   Em primeira instância, é fulcral salientar que o sociólogo Émille Durkheim frisava que o Estado se responsabilizava pelo gerenciamento das questões que envolvam a coletividade,com a intenção de estabelecer o seu bem-estar.No entanto, a tese adotada pelo intelectual manteve-se na teoria, haja vista o descaso do poder público em propagar informações, nos veículos midiáticos, que abordam a importância da transferência sanguínea para a preservação da vitalidade de inúmeros cidadãos brasileiros.Em vista disso, é inevitável o surgimento de crises nos hospitais hemocentros,em virtude da falta de conhecimento do âmbito populacional.


 Outroassim,a existência de atos discriminatórias contribuem para a persistência da adversidade.Paralelo a isso, o 5º artigo da Constituição de 1988 afirma que todos são iguais perante à lei, sem haver distinção de qualquer natureza.Entretanto,tal prerrogativa não fora efetivada, tendo em vista a restrição de indivíduos homoafetivos no que tange à disponibilização de seu plasma para os necessitados,visto que são considerados, pelas organizações governamentais, disseminadores do vírus HIV.Sendo assim,torna-se indiscutível a redução do número de doadores voluntários,devido a presença de um regulamento preconceituoso,o qual leva em consideração a orientação sexual,ao invés da qualidade do sangue.


   Portanto,é mister a adoção de medidas que atenuam a problemática,como a atuação do Ministério da Educação em organizar, por meio das verbas governamentais, palestras em espaços públicos,totalmente gratuitas , para que todos tenham acesso,ministradas por médicos, responsáveis por exporem a relevância do papel das células sanguíneas no que refere-se à restauração de várias vidas humanas,com o propósito de aumentar as taxas de doadores na contemporaneidade e,também,colocar em ação o que fora estipulado pela Carta Magna de 1988.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!