ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

  No filme Sete Vidas, o personagem protagonizado por Will Smith, após perder tudo que tinha, decide abandonar a sua vida, contudo, ele procura por sete pessoas desconhecidas a fim de doar seus órgãos a elas. Assim, por mais que triste seja, esse ato solidário pode dar esperança a esses indivíduos. Entretanto, no Brasil, ainda há empecilhos que impossibilitam a doação de órgãos. Diante disso, analisar o atual contexto é fundamental para mitigar essa mazela social.
  Em primeiro plano, a desinformação dificulta o processo de doação de órgãos. De acordo com Joseph Goebbels – político alemão – uma mentira que seja contada inúmeras vezes se tornará uma verdade. Nesta lógica, casos onde ocorre morte encefálica são tratados por alguns familiares da vítima, infelizmente, por questões religiosas, com uma esperança de possível cura, embora não haja; negando-se assim, a doação dos órgãos caso ela não tenha-se declarado doadora. Por fim, esse assunto, dificilmente é discutido tanto no âmbito escolar quanto na sociedade e por isso não há conhecimento para que as pessoas tomem discernimento nas doações.


   Ademais, o descaso do Governo com os hospitais corrobora com a falta de órgãos para transplante. De acordo com José Lima Oliveira Júnior - coordenador da Comissão De Remoção de Órgãos da ABTO, Associação Brasileira de Transplante de Órgãos -, o possível doador precisa ser mantido em um ambiente adequado, contudo o local em que ele encontra-se não possui infraestrutura necessária para manter essas condições e quando chega-se para fazer a remoção do órgão, ele torna-se inviável. Constata-se, assim, incontáveis doações tornam-se inválidas por conta da falta de investimentos em locais precários.


  É evidente, portanto, que ainda há entraves para garantir a doação de órgãos no Brasil. Desse modo, a mídia deve, mediante o auxílio do Governo, trazer em suas propagandas sobre doação de órgãos, informações para desmitificar casos como de morte encefálica para que não haja dúvidas e que as famílias permitam a doação de órgãos. Além disso, o Estado deve, investir em infraestrutura básica em locais, que o índice de doações perdidas seja maior, com o intuito de aumentar o número de doações no Brasil. Essa proposta tem por finalidade trazer melhoria nesse problema; caso seja aprovada, certamente trará esperança a quem precisa de um doador como aconteceu no filme.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde