ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

                No seriado Grey’s Anatomy, em um dos episódios a doutora Miranda Bailey - cirurgiã geral- encontra empecilhos infraestruturais e aprovação familiar para o transplante de seis rins. Fora da ficção, é fato que a realidade apresentada na serie esta relacionada com as dificuldades do transplante de órgãos no Brasil, visto que a falta de informação e os precários investimentos na saúde são os maiores fatores para o não procedimento médico.


                      Em primeiro lugar, é importante ressaltar que a ausência do conhecimento da população brasileira sobre transplante de órgãos esta entre as causas da problemática. Nesse sentido, existe uma real dificuldade em entender o conceito da morte encefálica – quadro definitivo e irreversível- que consiste na perda total das funções cerebrais, mas os outros sistemas continuam funcionando. Com isso, as famílias acabam enfrentando dilemas éticos, por falta de conhecimento clínico e nutrida por esperanças imaginam que o ente possa volta à vida, algo que pela medicina é impossível. Dessa forma, com a negação das famílias, muitas pessoas na fila de espera de transplantes são prejudicadas.


                     Em segundo plano, é valido examinar o papel falho do Estado na saúde publica brasileira. Visto que, segundo Aristóteles, no livro “Ética e Nicômaco”,a  política deve ser utilizada de modo que, por meio da justiça, o equilíbrio seja alcançado. Nesse sentido, rompe-se com tal lógica ao verificar que ,hoje, mais de 70 mil brasileiros estão à espera de um órgão, porem, há muitos lugares que não possui capacidade para realizar procedimentos específicos, visto que são necessários cuidados especiais e a demora pode levar a falência dos órgãos que estavam funcionando.  Assim, a falta de recursos acaba por deixar de salvar muitas vidas.


                   Portando, medidas são necessárias para combater o impasse. Para tanto, é dever do Ministério da Educação com parceria do Ministério da Saúde, a implementação de um programa nacional escolar, que vise retirar duvidas sobre doação de órgãos, com participação de pais e alunos, com o fito de explicar que a morte encefálica é irreversível, o que deve ocorrer mediante palestras e peças teatrais. Essa proposta tem por finalidade melhorar a aceitação das famílias nos transplantes, salvando milhares de vidas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde