ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

TEMA: Doação de Órgãos no Brasil


Segundo Goethe, escritor alemão, nada é mais assustador que a ignorância em ação. Nesse contexto, o cenário brasileiro se caracteriza como aterrador, pois a falta de conhecimento mediante a doação de órgãos e a corrupção do pensamento pelo sentimentalismo, são fatores marcantes na população brasileira.


A priori, não há um fornecimento eficiente de informações, resultando em pressupostos negativos sobre o ato de doar. Nessa ótica, possíveis doadores, desistem de ajudar pacientes que necessitam de algum órgão, pois carecem de instruções. 


A posteriori, sentimentos são induzidos por crenças sem fundamentação, e isso acaba por ser um fator que afasta o indivíduo da verdade. De acordo com o escritor George Orwell, ver aquilo que está diante do nosso nariz requer uma luta constante. Do mesmo modo, para o cidadão enxergar que a doação de órgãos salva vidas e não é maléfica, requer uma grande gama de material informativo e esclarecedor, o que não ocorre atualmente. 


Fica evidente, portanto, a necessidade de mitigar as problemáticas e solucionar os desafios. A fim disso, o Governo Federal deverá fornecer verbas para o Ministério da Educação, capacitar professores de ciências a darem aula sobre doação de órgãos para o ensino fundamental, para que a criança desde cedo seja consciente sobre os fatos. Ademais, a mídia deverá por meio de propagandas em horário comercial, tornar evidente a importância da contribuição e desmantelar mitos sobre o assunto, e assim o cenário espantoso de Goethe não se aplicará no Brasil. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde