ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

 No artigo terceiro da constituição democrática brasileira, de 1988, consta que um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil é o desenvolvimento nacional. Entretanto, este se inviabiliza frente aos desafios que o país enfrenta em relação á doação de orgãos. Com efeito, infelizmente, essa problemática está presente no dia a dia dos brasileiros em razão de uma ''sociedade cansada'' e reflete de forma negativa em seus indivíduos. Essa situação caracteriza um cenário preocupante no qual precisa ser comutado.


  Em primeiro plano, tem-se o conceito de ''sociedade do cansaço', proposto pelo filósofo coreano Byoung-Chul Han. Segundo o pensador, a sociedade contemporânea é movida ao desempenho e a produtividade a todo momento e, com isso, buscando atingir tais quesitos, a população dedica cada vez mais tempo ao trabalho e, consequentemente, menos tempo para si. Dessa maneira, o tempo de aquisição de cultura e conhecimento se torna cada vez menor, facilitando, por exemplo a falta de informações em relação a importância da doação de órgãos. Uma população desinformada caracteriza uma sociedade estagnada, impedindo que o impasse seja elucidado.


  Ademais, somando a tais ângulos, vale ressaltar o ideário de ''Habitus'', do sociólogo Pierre Bourdieu. Tal termo pode ser exemplificado pela forma com que a sociedade se reflete no indivíduo, tendo papel fundamental na sua formação pessoal. Dessa forma, observa-se que a falta de leis aplicadas de forma legítima sobre a doação de órgaos, e que seja de amplo conhecimento da população, reflete negativamente no país, condenado sua população a caminhos transgressores. Diante desse reflexo, foma-se indivíduos inaptos para que esse cenário seja revertido.


  É mister, portante, que, mediante a uma sociedade caracterizada por Byoung e Pierre Bourdieu, a problemática em relação ás barreiras da doação de órgaos no Brasil precisa ser solucionada.Destarte, urge que o Ministério da Saúde, Ministério da Educação, M.E.C, e o Governo Federal atuem em conjunto para colocar em prática leis funcinais que facilitarão as doações, levando, também, as importâncias das mesmas para conhecimento geral da população por intituições de ensinos e vínculos midiáticos. Somente assim o desenvolvimento nacional, proposto na constituição de 1988, poderá se concretizar.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde