ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

Na série americana "Greys Anatomy", episódios mostram a tensão e desafios enfrentados pela personagem Denny Duquete, em conseguir um doador para realizar um transplante de coração. Hodiernamente, fora da ficção, no Brasil isso faz parte do cotidiano de milhares de brasileiros, prova disso, segundo a Organização Mundial de Saúde(OMS), o Brasil encontra-se em segundo lugar no ranking mundial de maior tempo de espera para doação de órgãos. Nesse sentido, a persistência do problema ocorre de maneira significativa, seja pela grande quantidade de pessoas na fila de espera, seja pela má estrutura hospitalar pública.
Em primeira análise, vê-se que a quantidade de pessoas na fila de espera, é um dos fatores responsáveis para que o indivíduo necessitado demore anos para receber o transplante do órgão que tanto precisa. Ademais, segundo dados do Jornal G1, a demora para receber a doação tem relação com a grande quantidade de pessoas na lista de espera, em relação a quantidade de doadores. Enfim, enquanto não encontrarem uma maneira eficaz para sanar essa adversidade os cidadãos ficarão cada vez mais tempo com a incerteza do transplante desejado.
Outrossim, cabe salientar de acordo com a Constituição Federal de 1988, é dever do estado garantir uma saúde digna para todos os cidadãos. Entretanto, à ausência de estruturas nos hospitais públicos deixa claro que a lei permanece apenas no papel; consoante a matéria publicada no Jornal O Globo, revela que a falta de equipamentos necessários, faz com que 45% dos órgãos retirados do doador, não seja aproveitados como deveria, por não ter compartimentos para armazená-los. Dessa forma, a missão do governo com a saúde, ocasiona no crescimento do problema, cada vez mais.
Em virtude dos fatos mencionados, urge que o Ministério da Saúde - responsável por propagar uma qualidade de vida melhor para os brasileiros-, por meio de palestras, deve instruir e incentivar os cidadãos a fazer doação de órgãos em casos específicos, para assim, evitar males oriundos que traz esse tabu para a sociedade. Além disso, a mídia deve promover propagandas e debates públicos, pela sua influência informativa, por meio de propagandas e debates públicos, a fim de estimular o governo a investir em hospitais, melhorando de maneira eficaz a saúde da população brasileira

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde