ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

Doação de órgãos no Brasil 


 A Constituíçao Federativa, de 1988, prevê a todo cidadão direito à vida e saúde. Essa perspectiva contribuí para análise da doação de órgãos no Brasil, visto que, há legalidade no processo, porém a falta de informação e a ausência de infraestrutura dos hospitais favorece existência dessa adversidade. Diante desses fatos, é perceptível a complexidade do assunto.


 Primeiramente, a falta de informação é um antecessor a rescusa de doação. Nos últimos anos houve o crescimento de doadores, porém o número ainda é inferior ao número de pessoas que estão na espera. É, portanto, inaceitável que exista pessoas que ainda não conhecem e entendem o processo de doação de órgãos no Brasil. 


Segundo o Ministério de Saúde, 95 por cento dos transplantes são financiados pelo SUS - sistema único de saúde, e são realizados em hospitais públicos, onde defronta com a ausência de infraestrutura e dificuldades no fluxo logístico. Dessa maneira, o transporte dos órgãos e pacientes e centro cirúrgicos, necessiam de avanços e melhorias. 


 Em síntese, a falta de conscientização e a desordem dos hospitais são entraves na doação de órgãos. é notório que o Brasil caminha em desenvolvimento nesse assunto. Mas, é de suma importância a ação governamentais, e a atuação da familía e mídia. Assim, é necessário que o Ministério de Saúde desenvolva práticas nos hospitais, estimulando a conversa entre os profissionais de saúde e pacientes e familiares, alertando e explicando o processo de doação. E a mídia, criando propagandas e comerciais para a conscientização. Dessa maneira, o Brasil será exemplo para as demais nações.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde