ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

   Na série "Chambers" da plataforma Netflix, Sasha Yazzie sofre um ataque cardíaco, causando sua morte, porém, na mesma noite, Becky, filha de pais de classe alta, também falece, o que possibilitou a doação de seu coração para Sasha. Dessa forma, é possível analisar a contrariedade ao comparar com o Brasil, onde ocorre o maior número de pessoas na fila de espera por um transplante, cabendo tais medidas para a solução desse problema.


  Diante disso, uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, mais de 30 mil pesssoas estão aguardando por um doador, reforçando os desafios enfrentados pela população no sistema de saúde pública. Podemos citar como exemplo, a falta de recursos disponibilizados pelo Estado à conservação dos órgãos, problemática gerada pela má infraestrutura nos hospitais, levando ao falecimento do órgão adquirido. 


  Além disso, os receios das famílias sobre a doação torna-se presente sobre os indivíduos declarados por morte encefálica, quando o cérebro para de funcionar, mas alguns órgãos estão ativos. Devido a essa ocasião, parentes não aceitam e esperam por uma melhora no quadro do paciente, o que reafirma os 47% das famílias que não autorizam a retirada dos órgãos, segundo a mesma pesquisa da ABTO.


  Em virtude dos fatos mencionados, a dificuldade de se ter um doador é uma mazela que precisa ser solucionada. Cabendo ao Estado investir na execução de reformas concretas no setor público de saúde, tendo parceria com o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação para incentivar a importância de ser um doador de órgãos por meio de campanhas que sejam eficazes. Desse modo, mais pessoas terão a chance de sobreviver, assim como a Sasha Yazzie.


 


 


 


 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde