ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

   De acordo com relatórios do Ministério da Saúde do Brasil, a procura de doação de orgãos é maior que sua demanda.  Diante desse cenário, o transplante de doação de órgãos é afetado não só pela falta de doadores, mas também por problemas de infraestrutura no sistema de saúde público brasileiro. Sendo esse, um grande problema enfretado no país.


  É indubitável que assuntos relacionados à doação de órgãos ainda são tabus na sociedade brasileira. A falta de informações sobre o assunto aliado à ignorância humana são  as principais causas dessa problemática, haja vista as ideias equivocadas de que deforma o cadáver humano ou de que há a possibilidade de tráfico ilegal dos órgãos doados, presentes no pensamento de grande parte dos brasileiros, o que não é realidade. 


  Outroassim, convém analisar a deficiência no sistema de saúde pública, bem como seu mal funcionamento e infraestrutura inadequada.  Essa deficiência está ligada diretamente ao processo de coleta e doação de órgãos, que é afetado. Além da falta de doadores, infelizmente,  mais de 50% dos órgãos doados são perdidos nesse processo, não podendo ser utilizados, tendo em vista as péssimas condições de coleta e transferência, segundo a ABTO (Associação Brasileira de Transplatante de Orgãos).  


  Portanto, para que esse problema seja solucionado ou minimizado, é necessário que algumas medidas sejam tomadas. Cabe ao Ministério da Saúde, através da mídia, tendo em vista que a maioria dos brasileros utilizam esse meio de comunicação, criar campanhas que incentivem e informem à respeito da doação de órgãos, visando dessa maneira ampliar a demanda de doadores. Além disso, o Governo Federal deve investir na infraestrutura do sistema, para que tenha as condições necessárias de transplante de órgãos, tendo em vista melhorar as condições de saúde pública do Brasil. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde