ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

              Em 1954, o médico Joseph Edward Murray organizou o primeiro transplante de órgão, que lhe garantiu o prêmio Nobel de Medicina. Entretanto, a substencial parcela ds brasileiros se mostra indiferente à conquista de Murray, de modo que não há cultura de doadores no Brasil. Assim que, para modificar esse problema, a desinformação da sociedade e a omissão do Estado devem ser desconstruída. 

                     Em primeiro plano, em 1968 o Brasil publicou a primeira legislação para transplantes, que regulamenta a retirada de órgãos para fins terapêuticos e ciêntificos. No entanto, em 1997 foi promulgada a lei que a Resolução do Conselho Federal de Medicina estabelece as diretrizes para a politica nacional de doação e transplante de órgãos e tecidos. Nesse sentido, só ocorre por mrte encefálica que deve ser deferida por dois médicos capacitados, e por fim, concentimento familiar. 

                     De outra parte, não obstante, muitos familías, no momento da dor em função da perda de um parente são incapazes de compreender a morte encefálica e nutrem a falsa espectativa de que o paciente voltará a vida, o que representa um dos maiores obstáculos à doação de órgaos. Todavia, não e razoável que a falta de informação a respeito de falência cerebral dê lugar a filas de transplante cada vez maiores.  No entanto, uma das questões preocupantes está na situação precária dos hospitais do SUS, carência de capacitação de proficionais para realização de transplantes.

                  Por fim, visto que, nos argumentos relatados fica explicíto que para a prática solidária das doações, o Ministério da saúde, no exercício do seu papel venha por meio de mídias sociais e televisas, como fotos, cartazes, outdoor e vídeos  que são uma forma de mostrar que a perda das funções cerebrais e irreparável. Inclusive, essa orientação teria a finalidade de motivar as famílias brasileiras a concentir na doação de órgãos e de tecidos, de modo que, possa diminuir a fila de espera por falta de doadores. Como diz Emmanuel Kant o homem e aquilo que a educação faz dele.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde