ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

A doação de órgãos no Brasil


A Constituição Federal de 1988 decreta o direito à vida. E para reforçar esse direito, a Lei n° 9434, de Fevereiro de 1997, institui a legalidade sobre a remoção de órgãos, tecidos e parte do corpo humano para fins de transplantes e tratamentos. Com isso, a doação de órgãos no Brasil ainda é tratada como um tabu, seja pela ausência de conhecimento por parte dos familiares, seja pela falta de profissionais capacitados nos hospitais públicos.


Todavia, segundo Malala yousafzai,
"nosso egoísmo é, em grande parte, produto da sociedade."
A falta de conhecimento fazem com que 40% das famílias recusem a doação de órgãos depois de morte encefálica constatada, e o que poderia ser uma nova oportunidade de viver bem, de ter uma saúde estável para um indivíduo que está na lista de espera, se torna mais um dado estatístico em que o indivíduo venha a óbito. O Brasil foi um dos países pioneiros em realizar seu primeiro transplante em 1968.


Além disso, a falta de profissionais capacitados para realizar esse ato ainda é muito grande, pois a grande maioria desses profissionais se encontram na região sul e sudeste dificultando assim os procedimentos caso a família autorize a doação dos órgãos do paciente. Ademais, existe a questão da precariedade dos hospitais públicos onde não existe uma infraestrutura adequada para realizar a remoção desses órgãos.


Por tanto, algo precisa ser feito para que a sociedade tenha mais conhecimento. A mídia deveria fazer campanhas através da televisão ou da internet incentivando, mostrando a importância do "Setembro Verde" fazendo com que as pessoas se conscientizem. O ministério da saúde deveria também fazer uma busca das localidades que estão carentes de profissionais qualificados para fazer a remoção desses órgãos caso seja a vontade do paciente e da família, hospitais capacitados nessa área seria de grande importância para que estejam a disposição da sociedade brasileira.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde