ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

Na atualidade é necessário o debate sobre atitudes que beneficiem o próximo. Dessa maneira, a doação de órgãos se torna um tópico de suma importância, pois essa, por meio de transplantes, beneficia milhares de pessoas que possuem algum tipo de problema de saúde em detrimento do mal funcionamento ou deficiência em algum órgão. Entretanto, a falta de investimentos públicos na área da saúde e a desinformação da população acerca do assunto ocasionam problemas para a doação de órgãos.


Segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), o número de doadores de órgãos, por mais que esteja em crescente no último ano, ainda não supre a demanda de transplantes no Brasil. Isso ocorre, em maioria, devido a falta de conhecimento das famílias do doador, responsáveis por autorizar a doação, acerca do assunto. Em virtude disso, os familiares ao acreditarem em mitos infundáveis, negam a doação.


Ademais, pode-se considerar um agravante da situação a precariedade do sistema de saúde pública. Para exemplificar, leva-se em consideração os inúmeros órgãos que se tornam inviáveis a doação, pois, os protocolos médicos não são seguidos devido a falta de equipamentos e profissionais especializados para realizar o processo.


Portanto, para que os obstáculos impostos a doação de órgãos sejam superados, é mister que, o Ministério da Saúde realize campanhas em locais de acesso público. De modo a informar a população sobre a doação de órgãos e sua importância, por meio de palestras e propagandas. Assim, a desinformação será combatida e possibilitará maior número de pessoas dispostas a realizar doações e beneficiar o próximo. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde