ENTRAR NA PLATAFORMA
Doação de Órgãos no Brasil

Desde a terceira Revolução Industrial, em detrimento dos avanços tecnológicos, procedimentos que envolvem a saúde, como a doação de órgãos, vêm se tornando cada vez mais impecáveis. Entretanto, embora essa fazedura venha contribuindo para a sobrevivência de muitos indivíduos, no Brasil há fatores negativos que comprometem sua concretização. Em vista disso, o precário sistema público de saúde e a negação das famílias em doar os órgãos de seus entes falecidos urgem como empecilhos desse problema.


 


          Em primeira análise, cabe levar em consideração que o sistema público de saúde atual se encontra em más condições, tendo em vista a falta de equipamentos necessários para o processo de doação de órgãos. Consoante à concepção filosófica de Maquiavel, o governo fará de tudo para se manter no poder, poderá até mesmo, caso seja necessário, se fazer contra às necessidades dos governados. Entende-se, portanto, como nociva a percepção de que em um país que cobra altas taxas de impostos, o Estado não disponibilize recursos indispensáveis para a saúde pública brasileira. 


           Ademais, é de suma importância levantar em pauta a negação de doar órgãos como outro impasse dessa causa. De acordo com o portal de notícias G1,50% das famílias de nosso cunho social discordam da disponibilização da parte do organismo de seus entes falecidos. É inaceitável que em uma nação democrática, os cidadãos que a compõem não fazem atos de solidariedade para aqueles necessitados, afim de prolongarem a vida desses.


           Diante do exposto, para que haja um maior enaltecimento de nossa sociedade como uma doadora aos desvalidos, é necessário o surgimento de medidas paliativas. Para isso, o Ministério da Saúde deve promover a disponibilização de todos os recursos necessários no procedimento de transferência dos órgãos, por meio de investimentos públicos, com um maior uso de tecnologias, afim de aumentar os seus níveis de conservação. Espera-se com isso, um maior desempenho das instituições públicas em face desse dinanismo. 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde