O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Discurso de ódio e liberdade de expressão

O livro "Mein Kamp" (Minha Luta), de Adolf Hitler, é uma obra de circulação restrita por profanar ódio. Porém, no atual cenário brasileiro, os discursos ofensivos não se restringem ao campo literário, mas, antes, atingem os meios de comunicação e sociais, ao passo que, em ambos os casos, ocorre uma forma de mesclagem entre preconceito e liberdade de expressão, o que demostra necessidade de reflexão por parte da mídia e população.
Primeiramente, deve-se considerar a influência das personalidades da mídia como um dos motivadores do impasse. Dessa forma, considerando que, consoante Marshal McLuham, "o meio é a mensagem", os veículos de comunicação obtêm um papel ativo na massificação do pensamento. Logo, é inaceitável que famosos, como Danilo Gentilli, continuem influenciando seus seguidores com piadas e discursos preconceituosos.
Não obstante, as manifestações de ódio também adquirem adeptos populares, por meio das redes sociais. Nesse sentido, entende-se a distorção do direito à liberdade de expressão como uma das mais marcantes patologias sociais, definida por Durkheim como uma anormalidade na estrutura social, uma vez que muitas postagens e comentários são de cunho ofensivo no meio virtual. Assim, a população deve ser reeducada para compreender os limites entre opinião e preconceito.
Convém, portanto, que as emissoras de rádio e TV junto às empresas patrocinadoras de artistas orientem, advirtam e, se preciso, desvinculem suas empresas de famosos que se aproveitam da liberdade de expressão para propagar ódio, de modo a evitar a influência negativa na sociedade, sendo que, para tanto, os próprios editores da programação devem se atentar à fala dos astros. Ademais, o Ministério da Educação e Cultura deve incluir nos matérias de sociologia o estudo da legislação frente à liberdade de pensamento e o preconceito, a fim de que o debate eduque a população.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!