O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Direitos autorais e plágio na internet

     A Constituição de 1988 garante a todo cidadão saúde, moradia digna, educação e trabalho. No entanto, no Brasil são desprezados os direitos autorais e o plágio na internet, onde em outros países são tratados com relevância, aqui na terra verde e amarela é tratada de forma irresponsável, tanto pelo governo, quanto pela sociedade. Diante disso, torna-se fundamental a discussão sobre esses aspectos, para o pleno funcionamento da sociedade.


     Em primeiro plano, vale salientar que a desinformação quanto aos direitos autorais e o plágio, deve-se ao fato da baixa atuação dos govenantes, no que concerne a falta de educação voltadas para assuntos de propriedade intelectual, principalmente nos primeiros anos de vida social do indivíduo. Segundo o contratualista Thomas Hobbes, o Estado é responsável por garantir o bem-estar da população, entretanto, isso não ocorre no Brasil pelo desinteresse do governo. Assim sendo, uma triste conclusão é obtida, que o despreparo do gorvenamental é proporcional a falta empatia da população com os direitos alheios.


     Ademais, a sociedade age como impulsionador da adversidade dos direitos autorais, visto que muita gente não sabe exatamente do que se trata o plágio, herança advinda de anos sem o mínimo zelo em educar as crianças quanto a distinção do que é uma citação, para uma mera cópia. A esse respeito, o site da Veja mostra que 87% dos alunos que chegam à universidade não sabem o que plágio. Acerca dos dados expostos, fica evidente um preocupante cenário, que há muito o que se fazer para que haja uma mudança na perspectiva nacional.


     Assim, medidas exequíveis são necessárias para combater esses obstáculos. Dessarte, para mitigar o problema dos direitos autorais e o plágio na internet, necessita-se, urgentemente, que o TCU (Tribunal de Contas da União) direcione capital, que por intermédio do MEC, seja revertido em programas e palestras nas escolas públicas de ensino básico ao médio, a fim de introduzir as concepções do funcionamento social correto. Além disso, o governo federal deve criar leis mais rígidas, aumentar a pena ao infrator. Espera-se, com isso, atenuar em médio e longo prazo os efeitos nocivos da problemática, e a sociedade poderá usufruir de um direito assegurado na Constituição cidadã. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!