O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Dessalinização da água

Além de ser um elemento essencial para o desenvolvimento de qualquer forma de vida conhecida até então, a água também detém importância no desenvolvimento dos países, posto que atividades econômicas fundamentais, como a agropecuária e a indústria, necessitam de volumes dispendiosos dessa substância para serem exercidas. Nesse contexto, o cenário de seca em países de clima desértico e o medo de uma futura escassez generalizada, devido ao abuso no consumo, levaram à busca de métodos de preservar e tratar a água, como a dessalinização, técnica que remove o excesso de sais da água oceânica, tornando-a potável. Esse processo, se aplicado em larga escala, seria capaz de solucionar inúmeros problemas com relação à seca, mas é necessário analisar, também, as dificuldades ambientais e financeiras que envolvem sua implementação.


Em primeiro plano, deve-se considerar que o processo em questão teria considerável impacto positivo no mundo como um todo, à medida que, possivelmente, aplacaria as inúmeras guerras e conflitos ocasionados pela disputa por água, bem como reverteria o quadro de escassez natural que afeta muitos países e regiões. Tal fator engloba uma discussão positivista acerca do progresso, visto que envolve uma aplicação clara da ciência e tecnologia agindo em favor da humanidade e resolvendo problemas, de acordo com os conceitos do sociólogo Augusto Comte. Essa aplicabilidade pode ser exemplificara em Israel, país do Oriente Médio de clima desértico, com poucas reservas naturais de água, que emprega a dessalinização para suprir a seca, de modo que a atividade já representa cerca de 80% das fontes de abastecimento da sua população.


Por outro lado, ao analisar as repercussões negativas propiciadas por essa técnica, nota-se que sua implementação é complexa do ponto de vista financeiro e ambiental. Sob essa ótica, é válido ressaltar que os custos da dessalinização ainda são elevados e, assim, sua aplicação em países subdesenvolvidos que sofrem pela escassez - os mais afetados - se torna inviável. Ademais, a solução salina altamente concentrada gerada no processo causa riscos ao meio ambiente, prejudicando, principalmente, a vida marinha, pois ainda não há métodos sustentáveis para seu descarte, fato que origina um debate sobre as controvérsias dos benefícios e malefícios que essa tecnologia pode proporcionar.


Portanto, diante desse panorama, é fundamental, que atitudes sejam tomadas a fim de corrigir o que se configura como consequência negativa e, com isso, tornar a dessalinização uma técnica mais acessível. Sendo assim, cabe ao Governo Federal, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, realizar investimentos sobre pesquisas e projetos em países onde esse sistema já é uma realidade, como Israel, buscando métodos de adaptação e melhorias para as dificuldades existentes. Espera-se, com isso, que a dessalinização ganhe espaço, a médio prazo, no contexto brasileiro, de forma que possa se tornar uma realidade nas regiões afetadas pela seca - com destaque ao Nordeste - e, por conseguinte, solucionar as questões sociais e ambientais que dela decorrem.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!