O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Desigualdade social no Brasil e no mundo: um desafio a ser superado

Brasil, um país de todos.

Podemos observar, um processo de desorganização na formação de grande parte das metrópoles brasileiras, essas cidades de grande poder de influência econômica, social e cultural sofrem do processo de macrocefalia, gerado pela estrutura brasileira construída de forma acelerada e sem um controle eficiente dos seus gestores, sendo característica de um país subdesenvolvido. Indubitavelmente é necessário utilização de Políticas Públicas de inclusão social, para o combate da desigualdade social, não só gerar nessas pessoas o poder de serem cidadãos mas também o direito à saúde plena.
Segregação social é algo que existe desde as polis gregas, onde o cidadão grego tinha direito e poder de participação política, entretanto para ser cidadão tinha que ser grego, ter idade acima dos 18 anos e ser livre, abrangendo neste momento uma pequena parcela da população, ser cidadão e possuidor de direitos é certamente algo que uma parte da população ainda não possui nos dias atuais. Como resultado, temos uma grande parcela da população brasileira e mundial vivendo em péssimas condições de vida, em locais insalubres, que favorecem o surgimento e porque não a perpetuação de doenças radicadas em países desenvolvidos em consonância à barreiras econômicas.
Segundo a Organização Mundial de Saúde, a saúde de um indivíduo é um completo bem estar biopsicossocial, onde se descarta o entendimento de ausência de doença como saúde. Seguindo essa orientação, o Ministério da Saúde realiza pelo menos em sua teoria um sistema integral, universal de direito à saúde do povo brasileiro, o SUS, que implementa o suporte de atenção primária à saúde da população, mas em contra partida esse processo infelizmente não é realizado de forma plena. Havendo um abandono desta população, o poder público se mostra ineficiente em proporcionar condições básicas de saúde, moradia, educação e segurança desta parcela da população.
Em suma, se tratando de Brasil, o governo deve através de ações realizadas no Ministério da Saúde, Ministério da Educação em consonância com o investimento privado, realizar um processo de estruturação social, ao qual através da reforma educacional oferecer um plano de carreira aos professores e uma escola de melhor qualidade além disso uma política de saúde da família, onde através da educação familiar podemos realizar a formação de cidadãos éticos, permitindo esses seres humanos desenvolverem a civilização e dando a possibilidade dessa parcela da sociedade esquecida, ou em momentos ignorada fazer parte dos 10% da polis brasileira e se tornarem cidadãos de fato.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!